Patrulha Pacto pela Vida ganha reforço com equipe de mobilizadores e amplia o volume de atuações

Em Contagem, as rondas da Patrulha Pacto pela Vida se mostram cada vez mais eficientes no sentido de fiscalizar, orientar proprietários de estabelecimentos e, quando necessário, desmobilizar aglomerações. Além dos órgãos fiscalizadores e dos agentes da Guarda Civil de Contagem e da Polícia Militar (PMMG), a patrulha ganhou um reforço com a entrada da equipe de mobilizadores que, durante as abordagens, orienta e distribui materiais informativos nos quais constam protocolos sanitários que devem ser adotados por todos.

Na última operação, realizada entre os dias 18/2 e 21/2, a patrulha fiscalizou 74 estabelecimentos, interditou seis e multou cinco. “A entrega de materiais impressos sobre a covid-19, em campo, tem se mostrado outro elemento de grande aceitação no qual a população que recebe, tece elogios e se manifesta favorável a colaboração da campanha. Esta iniciativa é bastante produtiva”, destaca o diretor da Guarda Civil de Contagem, Rafael Concesso.

A cada operação é possível notar que o volume de atuação da patrulha vem crescendo, alcançando cada vez mais estabelecimentos e agindo com rigor nos casos em que se verifica reiterados descumprimentos às normas estabelecidas pelo Decreto 004/21. De acordo com Concesso, o número de estabelecimentos fiscalizados vem aumentando se compararmos com os dados do início da operação, em 15/1.

Em janeiro, entre os dias 15 e 17/1, a operação fiscalizou 36 estabelecimentos. Nas duas últimas semanas, esse número cresceu significativamente. Entre os dias 11 e 14/2 foram fiscalizados 85 locais (período em que o carnaval foi suspenso) e entre os dias 18/2 e 21/2, conforme descrito acima, foram 74 abordagens.  “O número de estabelecimentos que estão funcionando de forma regular também está evoluindo. O comércio noturno vem adaptando às normas e realizando o seu cumprimento, o que demonstra que as ações, até o momento, se apresentam como eficazes”, avalia o diretor da Guarda Civil.

Desde o dia 15/1, quando a operação foi para as ruas da cidade, até ontem (21/2), a Patrulha Pacto pela Vida fiscalizou 394 e interditou 47 estabelecimentos. A operação é realizada semanalmente, sendo que a cada semana são quatro dias de intervenções, ocorridas sempre às quintas, sextas, sábados e domingos.

Funcionamento permitido

O Decreto 004/21 permite que bares e restaurantes funcionem, de quinta-feira a domingo, até as 23h, com o consumo de bebidas alcoólicas no local, desde que os estabelecimentos cumpram as normas sanitárias. Os restaurantes podem funcionar também de segunda-feira a quarta-feira, até as 15h, sem o consumo de bebidas alcoólicas, mas podem comercializar o produto. Eventos e festas particulares estão proibidos na cidade.

Repórter Carol Cunha

Fotógrafo Ricardo Lima