No combate ao Coronavírus, Transcon intensifica fiscalização da limpeza e lotação dos ônibus das linhas municipais

Agentes da Transcon estiveram na empresa São Gonçalo

Para combater a disseminação do Coronavírus, a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes de Contagem (Transcon) está intensificando a fiscalização da higienização e lotação dos 285 ônibus das 44 linhas do transporte coletivo municipal. Diariamente, agentes visitam as garagens para verificar o cumprimento das normas estabelecidas por Decretos Municipais. Com as regras de isolamento social, a quantidade de passageiros caiu de 100 mil para 45 mil, por dia.

Conforme Portaria da Transcon publicada em 20 de março, as empresas devem cumprir regras como lavar os ônibus duas vezes ao dia (por dentro e por fora), deixar sempre que possível todas as janelas dos veículos abertas, utilizar o sistema de ventilação aberta nos coletivos com ar-condicionado e distribuir álcool em gel 70º para todos os operadores do sistema de transporte.

Os coletivos devem ser limpos por dentro e por fora

Os coletivos devem ser limpos por dentro e por fora

Além de lavar mãos e antebraços com água e sabão após cada viagem, os motoristas devem receber instruções sobre os meios de transmissão da doença e forma de evitar o contágio, se tornando multiplicadores dessas informações entre os colegas de trabalho e passageiros. Se o motorista tiver mais de 60 anos, fizer parte de algum grupo de risco ou apresentar sintomas da Covid-19, deve ser imediatamente afastado de suas funções.

Nesta semana, algumas concessionárias foram vistoriadas. Na terça, dia 21, a fiscalização foi na Viação Novo Retiro, que atende usuários do transporte coletivo de Nova Contagem e outros bairros da regional Vargem das Flores. Na quarta, 22, a ação foi na São Gonçalo e Viação Laguna. Nesta quinta, foi a vez da Turilessa e Transimão. Todas as empresas vão receber a visita dos agentes.

“Estamos fazendo esse tipo de ação desde março. Com o aumento dos números de contaminação nas duas últimas semanas, estamos intensificando a fiscalização do transporte público. É um trabalho prioritariamente de orientação, mas quando não há cumprimento do que foi determinado, as empresas são cobradas”, afirma o presidente da Transcon, Leonardo Reis.

A fiscalização também foi feita na Viação Novo Retiro, que atende Nova Contagem e outros bairros da região

A fiscalização também foi feita na Viação Novo Retiro, que atende Nova Contagem e outros bairros da região

Além da higienização, a Transcon está atenta à superlotação dos coletivos e já foram aplicadas 159 multas desde março, com valor de cem vezes o da tarifa (R$ 450), por causa dessa irregularidade. Não é permitido viajar em pé nos ônibus das linhas municipais de Contagem. Além dos agentes, a fiscalização é feita por meio do sistema de bilhetagem. Se constatado excesso de passageiros, é solicitado o reforço de veículos às empresas, que ficam sujeitas a sanções.

A Transcon também iniciou a distribuição de 150 mil máscaras para usuários do transporte coletivo, em pontos de táxis e a pedestres.

Canais de reclamações sobre o transporte coletivo municipal de Contagem:
– Telefone 118
– E-mail atendimento.transcon@contagem.mg.gov.br